Estou escrevendo este post porque varias pessoas me pergunta qual é a melhor forma de depilação “definitiva” o LASER ou a LUZ PULSADA, bem aqui vou tentar dizer sem ser pessoal demais sobre estes dois mecanismos, depois é só pedir a opinião do seu médico sobre os dois, porque cada profissional tem seu pensamento a respeito.
Entre os métodos mais conhecidos está o laser e a luz pulsada, indicados para quem tem pele branca, além de pelos mais grossos e escuros. A luz emitida pelo laser faz com que 40% dos pelos desapareçam em uma única sessão. São necessárias algumas sessões para eliminação total, além de manutenção em longo prazo.
Ambas as tecnologias agem seletivamente no pelo, sem lesar a pele, geralmente, bem tolerados, mas algumas pessoas necessitam de anestesia em creme. Também considerados seguros, mas existe o risco de ter complicações, por isso o tratamento deve ser feito por profissional habilitado.
Depilação Laser
Depilação Luz Pulsada
Emite uma luz pura de uma só cor (monocromática) que sai em linha reta e todos os seus fotões que integram a luz viajam todos na mesma direção
A Luz Intensa Pulsada é uma luz difusa que trabalha em todos os comprimentos de onda , por isso a luz espalha-se em todas as direções
Mais eficaz, menos sessões
Menos eficaz, mais sessões
Elimina o pêlo pela célula germinativa
A luz pulsada debilita o pêlo e não elimina
A depilação a laser consiste na destruição dos folículos através de fachos de luz, prevenindo o crescimento de pêlos. Cada sessão de depilação a laser pode durar de 15 minutos a mais de uma hora. Pode haver uma certa dor durante as sessões e o paciente deverá utilizar óculos especiais para proteção contra os fachos de laser.
A depilação a laser tem longa duração porém não é definitiva. Podem ocorrer mudanças hormonais que causem o crescimento de pêlos de novo. Também pode acontecer de alguns folículos estarem dormentes no momento das sessões e se tornem ativos mais tarde.
A redução dos pelos é definitiva. O que não se pode impedir com o tratamento a laser é o nascimento de novos pelos no local. Após um tratamento a laser, pode surgir após meses um ou outro pelinho no local, mas geralmente escassos e finos.
Também para eliminar de vez os pelos existe o laser de diodo (Light Sheer). A diferença dele para os outros métodos está na eficácia para todos os tipos de pelo, até os mais finos, e pele, inclusive morenas e negras. “O laser de diodo possui comprimento de onda de 800 nanômetros, excelente para atingir com eficácia a melanina (cromóforo alvo) do folículo piloso.
A luz intensa pulsada (LIP) trabalha com comprimentos de onda muito amplos e não muito específicos para a depilação. A luz pulsada é utilizada em centros que oferecem diversos tratamentos por ser uma máquina mais versátil. Trata-se, em muitas ocasiões, de uma máquina “multiusos”, portanto, a sua eficácia em cada um dos seus domínios é reduzida.
Após lermos aqui vemos que o laser diodo proporciona resultados superiores ao da luz intensa pulsada, mas que a luz intensa pulsada também funciona para depilação, basta agora você decidir qual técnica você prefere e boa depilação