Existem muitos teste para tentar avaliar o estado cognitivo do idoso, mas aqui vamos falar dos dois testes mais conhecidos e utilizado para tentar estabelecer um grau de demência, é claro que o teste não é definitivo é só para poder avaliar e pedir mais exames para afirmar.
 Quando um idoso vai ao geriatra e geralmente os familiares referem perda de memoria, que parece que ele esta ficando “caduco”, com certeza o médico em geral aplica esses testes, não necessariamente os dois mas o mini mental com certeza.
 Pode ficar explicito na consulta que o medico está realizando o teste ou pode ficar subentendido, já que o principal teste que é o mini mental se baseia em perguntas. 
Para você conhecer um pouquinho desses testes vou explicar para que eles servem.

MINI EXAME DO ESTADO MENTAL -MEEM-

O Mini-Exame do Estado Mental (MEEM) foi elaborado para ser uma avaliação clínica pratica de mudança do estado cognitivo (isto quer dizer, é o ato ou processo de conhecer, que envolve atenção, percepção,memoria, raciocínio, juízo, imaginação, pensamento e linguagem ), em pacientes geriátricos. O teste busca avaliar a Orientação Temporal e Espacial, Memória Imediata, Atenção e Cálculo, Evocação, Linguagem e Praxia. É o mais utilizado para detectar demências (ex. Alzheimer) pela sua praticidade e simplicidade.
Descrição
O MEEM  é um teste rápido, e fornece imediatamente um indicador razoavelmente aceitável da possibilidade de demência.
Como todo o teste breve apresenta limitações, contudo é válido especialmente na avaliação preliminar dos distúrbios cognitivos para pessoas idosas com mais de 8 anos de escolaridade.
O MEEM pode ser aplicado pelo próprio médico, no decorrer da consulta e não requer material sofisticado.

TESTE DO RELÓGIO

Instrumento elaborado com intuito de avaliar aspectos cognitivos relacionados as funções frontais como: Atenção e Concentração; controle inibitório (nas funções de inibição do comportamento), percepção temática, memória e distração, interferência, hábito social, ecopraxia( é a repetição involuntária ou a imitação dos movimentos de outras pessoas), imitação, preensão palmar, sequências motoras, comando complexo, atividade de contar
Extremamente rápido para ser aplicado, traduz o padrão de funcionamento frontal e têmporo-parietal.
             As disfunções executivas podem preceder os distúrbios de memória nas demências. Pacientes com escores normais no MEEM podem ter severas limitações funcionais demonstradas nesse teste.
            Pede-se que o paciente desenhe o mostrador de um relógio com os ponteiros indicando uma determinada hora.
            A sensibilidade é maior que 86% e a especificidade superior a 96% quando comparado com outros instrumentos. É um instrumento particularmente útil para ser utilizado no consultório por sua simplicidade, rapidez e perfil amigável.

Agora toda vez que você for ao seu médico e de repente ele começar a fazer perguntas que você ache descabidas ou pedir para você desenhar um relógio, é por que ele esta fazendo os testes com você.

Uma medida que dá certo.

          Hoje vou postar uma tabelinha que é muito legal, pois a maioria das pessoas não sabem a quantidade certa de passar cremes, pomadas, loção enfim qualquer coisa no corpo, muitas vezes desperdiçam bastante produto, e o pior não adianta e pode prejudicar sua pele. 

          Creme para a area dos olhos: um caroço de feijão

          Creme de tratamento facial: uma moeda de 1 centavo

          Creme para as mãos e os pés: uma uva para as duas mãos e uma uva para cada pé

          Protetor solar corporal: um morango pequeno em cada parte do corpo.

          Hidratante corporal: uma noz para cada parte do corpo.

          Gel de limpeza para o rosto: uma bolinha de algodão

          Protetor solar facial: uma ervilha em cada parte do rosto


          Condicionador: uma bolinha de gude


          Shampoo: uma bolinha de ping-pong

          Sabonete: sabonete uma cereja
     
Muitas das minhas pacientes tem duvidas sobre a celulite,  como geralmente as duvidas se repetem vou deixar aqui um esquema de pergunta e resposta que sempre gostei de ler, vamos lá.
1. Quais são os fatores que fazem a celulite aparecer?
A celulite é multifatorial. Entre os principais fatores estão: alterações hormonais, de microcirculação, metabólicas e imunológicas, além da predisposição genética. Outros fatores que também são agravantes: alimentação inadequada, sedentarismo, alcoolismo, pílulas anticoncepcionais, cigarro, obesidade, excesso de sal e estresse.
2. Ela vem sempre junto com a estria?
Não necessariamente a celulite e estrias podem coexistir em uma pessoa. Mas são problemas distintos ou processos independentes. Ambas podem surgir ou ser agravadas pelo aumento de peso e ocorrem mais nas mulheres.
3. Retenção de líquido aumenta celulite?
Verdade, ela pode piorar o aspecto da celulite. E isso é visto durante o período pré-menstrual e também pelo consumo excessivo de sódio, já que ele faz o corpo reter mais líquido.
4. Drenagem linfática diminui a celulite?
Verdade, a drenagem pode aliviar bastante o aspecto ondulado na pele, pois diminui o inchaço. A massagem deve ser um tratamento complementar a mudanças no estilo de vida: alimentação e hábitos saudáveis, prática de exercícios físicos e controle de peso.
5. Técnicas de automassagem podem ajudar no combate à celulite?
Depende, apenas espalhar com força o creme hidratante ou anticelulite após o banho não ajuda. O ideal é fazer os movimentos sempre de baixo para cima e direcionados ao coração, para melhorar a circulação.
6. Massagem modeladora piora a celulite e espalha a gordura?
Não, ela pode melhorar a celulite, pois atua intensamente nas áreas de depósito de gordura e ativa a circulação.
7. Cremes anticelulite realmente funcionam?
Depende, eles podem suavizar o aspecto da celulite, principalmente se associados a outros tratamentos. Mas fazem mais efeito em casos leves.
8. Refrigerante light e água com gás dão celulite?
Não, até hoje, não existe comprovação científica de que refrigerante tenha influência no aparecimento ou agravamento da celulite. O que é verdade é que tudo que engorda, incluindo bebidas calóricas (refrigerantes normais, sucos industrializados), aumenta a celulite, pois contém açúcar e ele se acumula nas áreas de gordura de depósito. Refrigerantes nas versões “zero” ou “light”, bem como água mineral com gás, não geram aumento de peso, até onde se sabe. Já o gás é certeza: não consegue insuflar a gordura!
9. Álcool aumenta a celulite?
Diretamente não, mas o consumo crônico e exagerado pode piorar ou até causar retenção de líquidos e inchaço, que piorariam a celulite. Além disso, o álcool contém grande quantidade de açúcar, que se transforma em gordura no organismo.
10. Pílula anticoncepcional e cigarro agravam a celulite?
Verdade, os hormônios são importantes fatores predisponentes e condicionantes da celulite. Tanto que ela é quase exclusiva da mulher.  Sabe-se que a celulite pode piorar quando há altos níveis de estrogênio, como na puberdade, menstruação e reposição hormonal. O cigarro, por sua vez, aumenta as toxinas e piora a vascularização das células, incluindo as de gordura, podendo agravar o quadro.
11. A celulite provocada pela gestação fica para sempre?
Depende, gravidez não causa celulite, mas pode piorar se o ganho de peso for grande e, principalmente, se a mulher já tiver antes. A ação dos hormônios ajuda a reter mais líquido, a circulação fica mais lenta e a drenagem linfática, mais dificultada. E tudo isso favorece. Depois do parto, o esforço vai ser maior para se livrar da celulite e uma herança dela pode, sim, ficar para sempre.
12. Quanto mais massa muscular, menos celulite?
Não o exercício para ganhar massa muscular como, localizada e musculação, aumentam a massa e previnem a flacidez muscular, mas não tratam a flacidez da pele, um dos grandes problemas na celulite. O tamanho do músculo não tem relação com a maior ou menor visibilidade dos furinhos.
13. Peles flácidas têm mais tendência à celulite?
Verdade, celulite tem tudo a ver com a flacidez, principalmente depois dos 30 anos, quando a pele começa a diminuir o colágeno, tornando-se mais suscetível aos efeitos da gravidade.
14. Correr aumenta a celulite?
Não, exercícios aeróbicos, como corrida, natação e bicicleta, são os mais indicados para tratar a celulite, pois diminuem a gordura e aumentam a oxigenação dos tecidos. Mas os melhores resultados são a prática de exercícios físicos associada a outros tratamentos e uma dieta equilibrada.
15. Chás diuréticos não funcionam para combater a celulite?
Depende, quando a celulite é relacionada à retenção de líquidos, os chás podem ter um efeito benéfico.
16. Há alimentos que ajudam a combater celulite e flacidez?
Em partes,nNão existe um estudo avaliando uma quantidade mínima ou tipo específico de alimento que previna a formação de celulite ou melhore a flacidez. Sabe-se, porém, que uma dieta equilibrada, com proteínas, frutas, legumes, verduras e fibras e menor ingestão de gordura saturada podem evitar o agravamento dos furinhos. E há alguns alimentos-chave que, indiretamente, podem ajudar:
• algas:
• arroz integral:
• castanha-do-pará
• azeite de oliva extravirgem
• aveia:
• missô (pasta de soja fermentada
• folhas verde-escuras
• lima-da-pérsia
• maçã
17. Bermudas anticelulite funcionam?
Não, os efeitos ainda são bastante duvidosos. Talvez a compressão ajude a melhorar a circulação, mas ainda são necessárias evidências científicas dos materiais utilizados e, principalmente, de resultados comprovados.
18. O Subcision® (cirurgia para celulite) funciona em todos os casos?
Em termos, o Subcision® (desenvolvido pela doutora Doris Hexsel*) é uma técnica ambulatorial que visa a romper os septos fibrosos subcutâneos, responsáveis pelos “furinhos” mais profundos. A ruptura deles e de vasos sanguíneos adjacentes também promove a formação de hematomas que estimulam a produção de um novo tecido, funcionando como um “preenchedor natural”. Mas é indicado apenas para as lesões deprimidas, ou seja, profundas. Naquelas com aspecto “casca de laranja”, não apresenta muito resultado.
19. É impossível se livrar 100% da celulite?
Verdade, existem vários tratamentos que melhoram muito o aspecto da pele e os furinhos, mas é difícil falar que não vai mais ter celulite. O melhor para chegar o mais perto possível disso é com a combinação vida saudável e sem cigarro + exercício físico + peso sob controle.
            20. Celulite causa dor?
Alguns pacientes com celulite avançada se queixam de dor, que é sempre leve. O verdadeiro incômodo e na auto-estima. Se houver uma dor muito forte que incomoda, provavelmente a causa é outra e deve ser investigada. 
            21. Tomar café provoca celulite?
Não, a cafeína é até bom para a celulite. Sem querer dizer que tomar café vá tratar a celulite, mas seguramente, com adoçante,  não vai fazer mal.
            22. Em qual fase da vida da mulher a celulite surge?
A partir da menarca (primeira menstruação) começam a aparecer os primeiros sinais, que podem piorar com o passar dos anos.
23. Qual a fundamentação científica para a carboxiterapia? É segura?
A carboxiterapia é reconhecida para tratamentos de doenças desde 1932, na França. Desde 1950 é usada na Itália. Ela consiste na injeção de gás carbônico medicinal nos tecidos e atua pelo efeito Bohr( que não cabe especificar no momento) É indicado para a celulite associada com flacidez de pele com excelentes resultados e sem contra indicação.
24. Quem trabalha muito sentado ou de pé está tendo uma probabilidade maior de ter celulite?
Teoricamente sim, mas não há nenhum trabalho científico que comprove esta possibilidade. 
25. Como explicar, que mulheres  com excesso de peso e, às vezes com abdômen  volumoso, não tenham celulite, na proporção que seria esperada e outras mulheres com cintura finas, troncos e rosto magro tem celulite muito desenvolvida no quadril?
Existem dois tipos básicos de corpo na mulher. O tipo  Andróide, onde ocorre uma tendência à deposição de gordura na parte superior do corpo, no tronco. Essas mulheres têm ombros maiores, tendência  á terem mamas maiores e a depositar gordura no abdome.  O tipo Ginóide tem ombros menores, tendência a terem seios  menores, cintura mais fina e os  quadris  mais largos, com tendência `a deposição de gordura no quadril  e na coxa. .  O quadril e coxa  da mulher do tipo Andróide  quando acumula ela acumula  gordura no corpo tem pouca gordura regional, o excesso de gordura tende a ir para a região do abdome. Se há pouca gordura nesta região haverá menos celulite.  Já a mulher do tipo Ginóide, concentrará a gordura na região do quadril, e embora possa ter uma cintura até muito fina, e tronco e rosto finos, com aspecto magro, vai apresentar sérias alterações do tecido gorduroso com a presença de celulite no quadril e coxas.

Transtornos somatoformes

A essência desses transtornos é o sintoma físico sem base médica constatável, persistência nas queixas, apesar de repetidos achados negativos e de reasseguramentos pelos médicos de que elas não têm fundamento clínico. Pode acontecer também da pessoa ter uma doença física fundamentada, mas com queixas exageradas que não justificam o problema que têm. Esses casos com certeza são mais complicados e confundem os médicos. Observa-se também uma forte recusa por parte do paciente de admitir que seu problema seja psicológico, mesmo quando há um evento estressante na sua vida. Estes pacientes tendem a trocar de médico constantemente, possuem intermináveis listas de exames e medicações; suas histórias são tão longas quanto complicadas. 

Dentro destes transtornos podemos ter:

·         Hipocondria

Também conhecida por nosomania, é um estado psíquico que se caracteriza pela crença infundada de se padecer de uma doença grave. Costuma vir associada a um medo irracional da morte, a uma obsessão com sintomas ou defeitos físicos irrelevantes, à descrença nos diagnósticos médicos, preocupação e auto-observação constante do corpo. A hipocondria pode vir associada ao transtorno obsessivo-compulsivo e à ansiedade.

·      Transtorno Doloroso Persistente
A queixa predominante é de dor persistente, grave e angustiante, a qual não pode ser plenamente explicada por nenhum processo fisiológico ou por um transtorno físico. Geralmente existe um fator psicológico associado. Depois de descartada a possibilidade de uma causa física, a investigação das circunstâncias de vida da pessoa pode revelar ganhos que o paciente obtém com a queixa persistente de dor. Ao se fazer este diagnóstico os familiares não devem tomar uma postura de indiferença ou desprezo pelo paciente: isso só faz piorar as coisas. Também não se deve submeter aos exageros do paciente, nem às tentativas de manipulação por sua dor. O transtorno doloroso não é uma invenção, existe não como uma origem inflamatória, mas por algum mecanismo ainda pouco conhecido que opera na mente destas pessoas. Deve-se, portanto viver a solidariedade distante, ou seja, estar do lado do paciente sempre, mas sabendo que ele pode usar de suas queixas para obter ganhos e manipular quem está próximo. Esta atitude não é simples de entender nem de exercer, mas é o melhor que se pode fazer além do suporte psicoterapêutico.

·         Transtorno de somatização

Uma pessoa com somatização apresenta muitas queixas difusas de caráter físico. Embora possa afetar qualquer parte do corpo, os sintomas exprimem-se mais freqüentemente como dores de cabeça, náuseas e vômitos, dor abdominal, menstruações dolorosas, cansaço, perdas de consciência, relações sexuais dolorosas e perda do desejo sexual. Embora os sintomas costumem ser primariamente físicos, também podem referir ansiedade e depressão. As pessoas com somatização descrevem seus sintomas de um modo dramático e emotivo, referindo-se-lhes freqüentemente como «insuportáveis», «indescritíveis» ou «o pior imaginável».

Está chegando o calor, e no calor mesmo não sendo verão as pessoas se lembram que tem que passar filtro solar no corpo, mas elas esquecem que existem os lábios, o couro cabeludo e as orelhas.
Diga-me quantas vezes você passou filtro solar no rosto e esqueceu as orelhas e nem cogitou a pensar no couro cabeludo, pois é, às vezes por pressa ou até mesmo por não ter informação, esquecemos de sítios básicos da pele, e no futuro vão ser esses lugares onde aparecerão os cânceres de pele.
Então a partir de agora vamos lembrar de proteger as orelhas, elas podem ser protegidas com o mesmo filtro solar usado no rosto não tem problema. 
Nos lábios não é legal passar o filtro, pois ele não foi feito para essa parte do corpo e aí você pode pensar que está protegendo seu lábio e não está, para essa parte do rosto o ideal são os protetores labiais que são próprios para eles, já que os lábios são muito sensíveis ao calor. A exposição à radiação solar intensa por muito tempo resseca o vermelhão dos lábios,  provoca alterações nas células que os formam  e pode formar camadas esbranquiçadas superficiais, chamadas de hiperqueratose. A hiperqueratose labial nada mais é do que uma tentativa do organismo se proteger contra a agressão crônica. Nós temos diversas marcas aqui no Brasil.
E para o couro cabeludo também indico um próprio para o cabelo já que se nós passarmos o de corpo coitado do nosso cabelo. Não é tão difícil encontrar os produtos para os cabelos aqui vou dar algumas dicas:
1-Creme para pentear Seda Verão Block – R$ 5,90, 2-Creme Protetor Solar Re-Hidratante, Èlseve L’oreal – R$ 6,90, 3- Advance Techniques Solar Spray Protetor Solar, Avon – R$ 12, 4-Creme Protetor Solar OX – R$ 15, 5-Leave-in Basic Hair Basic Hair, Marco Antônio de Biaggi (c/ proteção UV) – R$ 24,50, 6-Golden Plus Fluido Protetor para Cabelos e Corpo FPS 15, O Boticário – R$ 29,90, 7-Gelée Waterproof, Kérastase, R$ 32, 8-Biolage Sunsoriais Óleo Protetor Solar Matrix  – 52,00, 9-Swim & Sun Daily UV Protector, L’anza –  R$ 80, 10-Solar Screen, Redken – R
Agora que você já sabe que cada parte precisa de uma proteção diferente, não espere mais para protegê-la seu corpo agradece.