Estava lendo a ISTO É do dia 13 de junho, e lá encontrei uma matéria que achei super interessante o titulo era: A NASA e a busca da juventude. A matéria fala sobre uma bebida que tem varias substancias antioxidante tipo; uva, chá-verde, romã, brócolis, espinafre, blueberry, blackberry, cranberry, yumberry, cupuaçu, açaí, acerola e prickly pear, isso tudo torna a bebida em um suplemento nutricional, que venhamos deve ser bem calórico, rico em antioxidantes que foi desenvolvido pela empresa americana AmeriScience, que promete estimular o nível de energia e até deixar as pessoas mais bonitas, jovens e com a pele melhor.
A AS10, que é como se chama a bebida começou sua fama a partir de uma pesquisa realizada pelo medico Aaron Barson com 50 pacientes que mostrou que o produto diminui rugas e manchas. O estudo demonstrou uma redução da intensidade das rugas em 17% e das manchas provocadas pelo sol de 30%.

É ou não é uma maravilha essa bebida? Tudo bem que não tem ainda nenhum estudo comprovado e que 50 pacientes é um numero pequeno para já chamar o AS10 de elixir da juventude, mas já podemos ficar esperançosas por que parece que o produto promete.
A bebida não esta disponível ainda no Brasil, mas já esta sendo comercializado nos EUA, pelo preço de US$ 180 o kit com $ garrafas de 750 ml cada uma, parece caro, mas ao analisar achei o preço justo. Se alguém tem algum conhecimento a mais e quiser comentar, ficaria feliz.

Glaucoma

Glaucoma é uma doença ocular causada principalmente pela elevação da pressão intraocular que provoca lesões no nervo ótico e, como consequência, comprometimento visual.

A pressão intra-ocular elevada é um fator de risco significativo para o desenvolvimento do glaucoma, não existindo, contudo uma relação direta entre um determinado valor da pressão intra-ocular e o aparecimento da doença, ou seja, enquanto uma pessoa pode desenvolver dano no nervo com pressões relativamente baixas, outra pode ter pressão intra-ocular elevada durante anos sem apresentar lesões.  Se não for tratado adequadamente, pode levar à cegueira.
Glaucoma é uma doença assintomática no início. A perda visual só ocorre em fases mais avançadas e compromete primeiro a visão periférica. Depois, o campo visual vai estreitando progressivamente até transformar-se em visão tubular. Sem tratamento, o paciente fica cego.
De modo geral, a doença aparece com mais frequência a partir dos 40 anos, mas pode ocorrer em qualquer faixa de idade, dependendo da causa que provocou a pressão intra-ocular mais elevada.
O glaucoma é uma doença de caráter hereditário, e por isso em famílias de portadores de glaucoma há a necessidade que todos façam os exames preventivos. infelizmente, não existe um exame abrangente para diagnosticar o glaucoma. Usando um aparelho conhecido como tonômetro, o oftalmologista começa verificando a pressão do humor aquoso nos olhos. Com o instrumento ele comprime suavemente achatando a córnea, a parte anterior do olho. A força usada é medida e assim determina-se a pressão intra-ocular. O oftalmologista também procura sinais do glaucoma usando instrumentos que identificam tecidos danificados na estrutura das fibras nervosas que ligam o olho ao cérebro. 

Existe uma variedade de tipos de glaucoma. As formas mais comuns
Nesse caso, não há sintomas e não há dor, fazendo com que o paciente muitas vezes não percebe que está perdendo lentamente a visão até os últimos estágios da doença, podendo chegar a cegueira irreversível.
O Glaucoma de ângulo aberto pode ser ainda dividido em:
Primário, quando não é atribuído a nenhuma causa conhecida, sendo que existem hoje várias pesquisas para descobrir as causas mais prováveis da não drenagem do humor aquoso.
Secundário, quando é atribuído a uma outra causa como trauma ou doença prévia.
Neste caso existe um bloqueio dos canais de drenagem do Humor aquoso devido o espaço entre a íris e a córnea estar fechado.
Há uma tendência de que esta seja uma doença herdada, mas muitas vezes vários membros de uma mesma família vão ser acometidos. É uma doença mais comum em indivíduos descendentes de asiáticos e também em pessoas hipermétropes.

Diferentemente do glaucoma primário de ângulo aberto, onde a pressão intra ocular se eleva de forma lenta, no glaucoma agudo, ela sofre elevação abrupta. Esse rápido aumento pressórico pode ocorrer num prazo de algumas horas e tornar-se extremamente doloroso. Dependendo do aumento pressórico, a dor pode ser tão intensa que pode causar náuseas e vômitos. Os olhos tornam-se vermelhos, a córnea fica edemaciada e opaca, e o paciente pode referir halos luminosos e visão borrada.
Um ataque agudo de glaucoma é uma condição de emergência. Se há demora em iniciar o tratamento, a visão pode estar permanentemente destruída. Cicatrização da malha trabecular pode ocorrer como resultado de glaucoma crônico, que é muito mais difícil de ser controlado. Pode haver também o desenvolvimento de catarata. Dano do nervo óptico pode ocorrer rapidamente e causar perda permanente da visão.
Muitos destes ataques repetidos ocorrem em ambientes escuros como teatros e cinemas. Se você está lembrado, ambientes escuros causam dilatação da pupila, ou seja, aumento no seu tamanho. Quando isso acontece, há máximo contato entre a lente e a íris, o que deixa o ângulo estreito e pode desencadear um ataque. Sabe-se também que a pupila também dilata em momentos de estresse e ansiedade. Conseqüentemente, muitos ataques de glaucoma agudo ocorrem durante períodos de estresse. Uma variedade de drogas também pode levar a um ataque de glaucoma por causar dilatação da pupila. Estas incluem: antidepressivos, medicações para gripe, anti-histamínicos, e algumas medicações para o tratamento de náuseas.
Os sintomas incluem:
Visão embaçada;
Dor severa no olho;
Dor de cabeça;
Auréolas de arco-íris ao redor das luzes;
Náusea e vômitos.

GLAUCOMA DE PRESSÃO NORMAL
Nesse tipo de glaucoma, o dano ao nervo óptico e o estreitamento da visão lateral ocorrem inesperadamente em pessoas com pressão intra-ocular normal.
Tanto nos casos de glaucoma de ângulo aberto como de pressão normal, raramente o paciente apresenta sintomas bem definidos, como dor nos olhos ou a redor deles, e alteração da visão.
O glaucoma pode levar meses e até anos para se desenvolver, sem apresentar qualquer alteração. Na maioria dos casos, a doença progride lentamente sem que o paciente note a perda gradual da visão periférica.
São Glaucomas semelhantes aos anteriores, mas que aparecem em resultado de outro problema ocular, como diabetes, infecções, ou traumas. O seu tratamento tem a ver com a doença que inicialmente o causou.
Pode estar associado a complicações de doenças pré-existentes como diabetes, problemas de formação ocular, alto grau de miopia, cataratas hiper-maduras e o uso de colírios de corticóide sem orientação médica.

É raro, mas ao contrário dos outros tipos de glaucoma, O glaucoma congênito é uma afecção extremamente grave que, apesar de sua baixa incidência, se constitui na maior causa de cegueira na criança.
Os bebês que nascem com este glaucoma têm:
Olhos grandes, causado pelo aumento do globo ocular.
Córnea turva, causada pela perda de brilho da mesma.
“Choram” e lacrimejam permanentemente.
Não conseguem encarar a luz, devido a fotofobia.
Esta forma de Glaucoma é muito grave, e tem sempre de ser tratada através de cirurgias ainda feitas nos primeiros meses de vida.
O Glaucoma Congênito atinge 1 em cada 10.000 recém nascidos e pode ser primário ou associado com anomalias oculares ou sistêmicas.
O glaucoma congênito primário tem base genética, na maioria das vezes é bilateral. A criança pode nascer com glaucoma ou ter o seu aparecimento até 2 anos de idade. Mas, existe também o glaucoma congênito tardio que aparece depois dos 2 anos de vida.

É raro, inicia-se na infância ou adolescência. Como muitos tipos de glaucoma têm um componente hereditário.
O fechamento excessivo do vaso retinal pode fazer com que vasos sangüíneos anormais cresçam na íris (parte colorida do olho), obstruindo o fluxo normal de fluído que sai do olho. Com isso, a pressão dentro do olho aumenta, provocando o glaucoma neovascular, que lesa o nervo óptico.
O tratamento consiste em diminuir a pressão intra-ocular elevada até o momento é o principal tratamento. A pressão intra-ocular pode ser diminuída com medicamentos, geralmente com colírios. Caso a pressão não diminua com o uso desses medicamentos, uma cirurgia poderá ser indicada, tanto a cirurgia a laser (trabeculoplastia) quanto a tradicional (trabeculectomia).

Hoje em dia é muito comum vermos varias marcas de creme com a composição para o dia e para a noite, mas será que existe diferença? Será que podemos inverter? Ou usar um só no dia e a noite?
Mas a verdade é que existem diferenças sim, e é muito importante que a gente não inverta o uso dos produtos, e nem use um só para as duas horas do dia, para não causar danos à pele.
O creme para o dia geralmente ele é mais leve e leva em sua composição mais água, por causa da perda hídrica causada pela ação do sol, sem contar na presença do filtro solar para evitar o foto envelhecimento e manchas na pele. Também durante o dia precisamos de produtos que sejam antioxidantes, pra combater os radicais livres gerados por inúmeros fatores, como a poluição, por exemplo. Além disso, é preciso que eles hidratem profundamente, que estimulem a restauração celular e que ofereçam proteção contra os raios solares.
Em compensação à noite os cremes são mais potentes, para estimular a renovação celular. Além disso, os cremes noturnos não devem conter, por motivos óbvios, proteção contra a radiação solar. É comum encontrar na formulação dos cremes noturnos os ácidos, que, em sua maioria, só podem ser utilizados a noite, já que sensibilizam mais a pele e são fotossensíveis, ou seja, estimulam a produção de melanina quando em contato direto com o sol, podendo manchar a pele.

Dermografismo

Dermografismo é uma doença da pele que afeta entre  5 a 10% da população  e é uma forma de urticária física que se caracteriza pela coceira intensa, principalmente nos locais de pressão.  Após o ato de coçar surgem lanhos, vergões na pele, que somem rapidamente. É uma forma de urticária, sendo também chamado de urticária factícia ou urticária falsa.A urticária clássica se caracteriza pelo surgimento de placas avermelhadas que se acompanham de coceira na pele, podendo ter causas variadas, como medicamentos, alimentos, certas doenças, entre outras causas . No caso do dermografismo, após pressão sobre um determinado local no corpo, a coceira surge em primeiro lugar e só depois de se coçar é que surgem as placas. Por isso, é comum que se inicie em locais onde a roupa aperta, elásticos, alça do soutien.

            O mecanismo exato de dermografismo site permanece incerto. Os sintomas podem ser induzidos por estresse, roupas abrasivas, relógios, óculos, calor, frio, ou algo que provoca estresse na pele.
Em grande parte das vezes o dermografismo costuma ser brando, passando desapercebido. Entretanto, em alguns casos pode assumir formas mais intensas e bastante incômodas.Para confirmar, basta fazer um pequeno teste: risque a pele utilizando um clips de papel. Nos casos positivos, um vergão surge em minutos no local. Procure um dermatologista para confirmar o diagnóstico e orientar seu tratamento.
O tratamento Para pacientes assintomáticos com dermografismo simples, não é necessário tratamento. É muito importante evitar os fatores desencadeantes físicos, reduzindo o stress 
Para aqueles pacientes que tem tem um quadro mais agudo, ele é feito com medicamentos antihistamínicos (antialérgicos) para controle da coceira, impedindo o aparecimento dos vergões na pele e se necessária utilização de ansiolíticos e antidepressivos.
Diminua o atrito em sua pele: evite roupas justas ao corpo.
Prefira tecidos de algodão e evite os tecidos sintéticos como a lycra.
Tome um banho por dia, evitando banhos demorados e quentes. O calor tende a piorar a coceira e a ressecar a sua pele.
Não use buchas ou esponjas e prefira sabonetes suaves, para pele seca.
Enxugue-se com toalha felpuda e macia, sem esfregá-la com força em seu corpo.
Acostume-se a usar hidratante logo após o banho, ainda com a pele umedecida.
Alimente-se saudavelmente, procurando ingerir bastante água e outros líquidos no decorrer do dia.
Combata o stress: organize seus compromissos a fim de que sobre tempo para o lazer.

  

             Eu adoro ler revista e sempre quando vou à academia e tenho que esperar a aula de pilates começar eu dou uma espiadinha nas revistas da sala de espera e eles assinam a Women’sHealth e aprendi a gostar dela, pois ela traz varias dicas de saude e beleza e uma delas foi esse teste que eu adorei e fui procurar no site para ver se eles tinham colocado on line e achei e vou compartilhar com vocês, tudo bem que é só um teste, eu não concordei com a idade que eles me deram, mas foi legal. Espero que curtam.