Hoje em dia as mulheres querem cada vez ficar de bem consigo mesma, e infelizmente depois de uma certa idade, com a falta de colágeno a pele além de perder o viço, ela também perde a elasticidade.
A falta de elasticidade no órgão genital feminino pode provocar flacidez na parede vaginal e com isso uma diminuição do tônus muscular na região, com essa perda pode ter diversas alterações físicas e fisiológicas, essas alterações são: Prolapso da bexiga e do útero, que é conhecido popularmente como bexiga e útero baixo. Algumas mulheres apresentam disfunções sexuais como saída de ar pela vagina, prisão de ventre e flacidez dos grandes e pequenos lábios, interferindo diretamente na vida sexual.

O Femilift veio com intenção de rejuvenescer, melhorar a elasticidade da área intima da mulher, para ela ter é uma solução rápida, segura e não invasiva que atua diretamente no rejuvenescimento do órgão genital feminino.

O procedimento conta com o laser Alma CO2 como protagonista, principal responsável por estimular a regeneração do colágeno. A luz do laser penetra na pele provocando o aumento da temperatura nas partes internas do tecido vaginal produzindo regeneração da elastina e de outras proteínas na área tratada.

Ele é indolor e indicado em diversos casos delicados, como atrofia vaginal, incontinência urinária e frouxidão vaginal, situação complexa que pode levar à diminuição da tensão e sensibilidade na área, diminuindo a satisfação na relação sexual

O laser também ajuda as mulheres que sofrem de secura vaginal.

Cada sessão dura em torno de 30 minutos e pode ser repetida após 2 meses, geralmente é necessário mais de uma sessão, olhando na internet eu vi que alguns dermatologistas falaram em torno de 3 sessões.

O único problema é que esse laser a gente só vai encontrar em grandes metrópoles, tipo Rio e São Paulo, e o valor é um pouco caro, está em média de R$ 2.000 a R$ 3.500 cada sessão. Infelizmente ainda não é para todo mundo, mas fica a dica.
Beijos Flávia