É muito comum aparecer no meu consultório adultos e crianças tambem com queixa de pés e mãos grossos, asperos e rachados, isso é uma hiperceratose ou hiperqueratose.

Essa afecção é uma desordem cutanea muito comum, na qual ocorre o espessamento da pele devido a excessiva formação de quertina, levando ao engrossamento da pele.

Ela pode ser hereditária ou adquirida, e é muito dificil de ser tratada, e geralmente a melhor coisa a se fazer é a prevenção.

Nesse caso cremes com ureia ou com outros queratolíticos são indicados não somente para a prevenção como também para o tratamento deste problema. Outros mais oleosos com lanolina e vaselina, por exemplo, são perfeitos para o uso diário.

Evitar usar calçados abertos e pisar mais forte de um lado do que do outro. Obesidade também é um fator contribuinte para esta disfunção, portanto, cuide da sua alimentação e pratique atividades físicas. Nem que seja uma simples caminhada pela manhã. Alterações hormonais, como as causadas pelo hipotireoidismo ou pela menopausa, por exemplo, podem contribuir para o quadro. Caso você sofra com algum tipo de alteração hormonal, não deixe de consultar um médico para uma análise diagnóstica.

O tratamento consiste em cremes hidratantes como os mencionados acima podem ser indicados em casos mais suaves de hiperqueratose. Já em situações mais preocupantes outros fármacos tópicos e orais podem ser indicados.

O tratamento visa, basicamente, a amenização dos sintomas.

A qualidade de vida da pessoa também influi muito no resultado e na eficiência do tratamento. É bom evitar andar com pés descalços ou com calçados muito abertos, assim como é necessário manter uma dieta rica em vegetais, legumes e frutas.

Não há cura para esta disfunção, porém os sintomas podem ser efetivamente tratados. Quando o tratamento é feito com disciplina e quando os devidos cuidados são permanentes, a melhora costuma ser bastante considerável. Qualquer coisa é bom sempre procurar um médico.

Beijos Flávia

Existem quatro tipos  de peles saudáveis: normal, seca, oleosa e mista. O nosso tipo de pele é determinado pela genética. No entanto, o estado da nossa pele pode variar muito com o tempo, idade e com fatores internos e externos aos quais estamos submetidos em nossa vida.

Então não se iluda, o seu tipo de pele pode mudar sim, como tudo em nossa vida muda, o cabelo muda, a nossa unha muda, o nosso corpo muda, a nossa pele não seria diferente ela também muda, por isso precisamos conhecer todos os tipos de pele, para ter certeza como a nossa pele está para usar os produtos apropriado para ela, e não ficar batendo sempre na mesma tecla.

Conheço muitas pessoas que na adolescência tiveram espinhas e falam que sua pele é oleosa e na hora que vou examinar sua pele é mista ou até normal.

Vou colocar um explicativo que vi no Pinterest e achei bem legal, para vocês conheceram as características de cada tipo de pele, pois esses banner sempre chama mais atenção do que a escrita.

Agora que já sabem o tipo da pele, é só começar a cuidar dela direitinho.

Beijos Flávia

Categorias:
Tags:

MMP – Microinfusão de Medicamentos na Pele é uma técnica em que um aparelho vibratório de microagulhas perfura com movimento de idas e vindas e penetram na pele com profundidade e velocidades controladas. Através desse movimento os medicamentos estéreis são depositados diretamente dentro da pele, tendo uma ação mais direta no problema ao qual estão sendo empregados.

O principal diferencial desse técnica é a incrível delicadeza da microperfuração, associada à possibilidade de um tratamento uniforme e preciso, em pequenas lesões de pele.

São diversas patologias e condições que podem ser tratadas com esta Técnica:

• Leucodermia Solar (Aquelas sardinhas brancas de envelhecimento da pele);
• Cicatrizes de Acne
• Rejuvenescimento
• Melasma
• Siringomas
• Queloides
• Cicatrizes Inestéticas
• Cicatrizes Acrômicas ou Hipocrômicas
• Estrias
• Alopécia Androgenética ( Calvície )
• Psoríase

O procedimento é feito em consultório médico, com uso prévio de cremes anestésicos e o paciente pode retornar as suas atividades imediatamente após a aplicação.

O número de sessões varia de acordo com o caso podendo ir de 3 a 10 aplicações, dependendo da resposta individual de cada paciente. O intervalo médio entre as sessões é de 30 dias.

 

Categorias:
Tags:

Todo mundo que tem olheira sabe como são difíceis para clarear/amenizar e para disfarçar. nesse post vou dar umas dicas para tentar melhorar a aparência dessas que tanto nos incomodam.

 

  • Compressa de chá de camomila gelado, é uma medida fácil, prática e que apresenta resultados imediatos, já que melhora o aspecto da pele e contribua para o funcionamento da circulação. Para as compressas, prepare um chá de camomila, deixe gelar e aplique com auxilio de discos de algodão. O processo deve ser repetido três vezes ao dia.
  • O pepino, colocar rodelas de pepino na região dos olhos duas vezes por semana tratam as manchas ou ainda preveni que elas apareçam.
  • Ingerir dois litros de água por dia, priorizar o uso de protetor solar, manter uma alimentação rica em vitaminas e minerais e ter noites bem dormidas são medidas que evitam as olheiras.
  • Dormir bem, não fumar, evitar bebidas alcoólicas, evitar alimentos com muito sal também ajuda a melhorar as olheiras.
  • Massagens locais, cremes descongestionantes, produtos à base de alguns ácidos, vitamina C, cafeína, green tea entre outros, melhoram muito a aparência delas.
  • Gazes embebidas em leite, pois esse possui ácido lático, substância que hidrata, renova e clareia a pele, fazer uma compressa batendo 100 ml de leite com meio mamão papaia, aplicando essa mistura diretamente na região ou embebendo uma gaze e deixando agir por 15 minutos melhora muito a qualidade da pele reduzindo a olheira.
  • Hidratar essa parte do rosto com um creme especifico.

Gostaram das dicas, todas muito fáceis de fazer. Agora é só colocar tudo isso em pratica e adeus olhos de panda.

Categorias:
Tags:

Muito se houve falar no Omega 6, tenho várias amigas e pacientes que tomam esse suplemento e um dia resolvi perguntar: Por que você toma Omega 6? E a resposta foi: Ah por que faz bem para a saúde, mas ninguém soube dizer o que exatamente faz bem. Então resolvi fazer um post aqui comentando dos benefícios do Omega 6 e nossa pele.

O ômega 6 é essencial para manter as funções cerebrais saudáveis e funcionando no ritmo certo. Ele também é importante para saúde da pele, dos cabelos, dos ossos, para regular o metabolismo e manter o sistema reprodutivo funcionando.

Mas como tudo, o ômega 6 só é saudável se for consumido moderadamente. Quem não tem uma dieta equilibrada ao consumir omega 6, pode ter um excesso no organismo que não fará bem. Assim como consumir menos que o necessário pode causar problemas, consumir em excesso também. Por isso é importante saber qual a quantidade indicada e quais alimentos são ricos em ômega 6.

  • Alimentos ricos em ômega 6
  • Cereais e grãos integrais
  • Uvas
  • Alho
  • Groselha preta
  • Frutos secos: nozes, amendoim, avelã e amêndoas
  • Cenouras
  • Couves de Bruxelas
  • Óleo de girassol, gergelim, milho e soja
  • Óleo de Prímula
  • Sementes de girassol
  • Abacate
  • Legumes
  • Sementes de gergelim
  • Sementes de borragem
  • Manteiga
  • Açafrão
  • Carne animal
  • Leite
  • Ovos
  • Omega 6 e nossa pele.

O ômega 6 é popularmente famoso por diminuir os sintomas de alergias. Um estudo mostrou que mulheres alérgicas tem menos GLA no sangue e leite materno do que as que não são alérgicas.

Estudos apontam que consumir óleo de prímula ajuda a reduzir os sintomas de eczema. Previne a queda de cabelo, são muito eficazes quando as contribuições de ferro, zinco e outros nutrientes não dão resultado.

O Ômega 6 também é eficaz nos problemas de pele como ressecamento, acne, espinhas , eczema atópico (inflamação da pele de origem hereditária), micose, dermatite e geralmente quase todos os problemas de pele que provoca ressecamento extremo. Neste caso, o tratamento pode ser por via externa ou interna. Existem cremes à base de óleos vegetais tais como óleo de prímula. Também existe em cápsulas ou em alimentos ricos em ômega- 6.

Agora que eu falei aqui sobre o omega 6 e a pele, entendo por que muitas mulheres estão tomando esse suplemento, além de outros benefícios super benéficos para o corpo, ele ainda deixa a nossa pele melhor. só posso dizer que é tudo de bom né? só ter cuidado para não ter excesso de omega 6 no organismo.

Beijos Flávia

Categorias:
Tags: