Celulite, quem te quer?

Bem acho que eu já postei uma matéria sobre celulite, mas como esse mal não nos abandona para sempre, por que esquecer né?
Todo dia entram no mercado zilhões de produtos que dizem  acabar com a celulite, será que isso é verdade? Bem na pesquisa do blog, que teve pouca participação, mas como foi a primeira, gostei do resultado. 83% dos que votaram disseram que os cremes adiantam sim, mas não sozinho, tem que conciliar com outros métodos.
Isso é verdade o creme anticelulite não faz milagre sozinho, não emagrece e nem perde medida, mas é uma boa opção para tratar a pele com celulite em grau I e II (aquelas mais leves com alguns furinhos leves). Para casos mais graves é sempre bom usá-los e fazer drenagem linfática, ou outro procedimento junto, Aliás, a drenagem linfática parece realmente ser a melhor amiga da mulher. Os resultados aparecem mesmo quando os cremes redutores são associados à poderosa massagem. Além de aumentar a quebra das moléculas de gordura, ela faz com que a absorção do produto aumente bastante. Se você não tem como fazer uma drenagem linfática, o jeito então é não ter pressa para passar o creme anticelulite, passe bem devagar e com movimentos circulares de média pressão em direção a virilha, assim você estará imitando os movimentos da drenagem.
O creme deve ser aplicado duas vezes por dia por, e mais ou menos dois meses para percebermos os primeiros resultados. Já esta comprovado que, pela manhã, há um maior gasto metabólico, o que estimularia a quebra das células de gordura, e a noite, entretanto, a penetração das substâncias é facilitada, especialmente as que agem na circulação local, o que favorece o combate do inchaço. Sendo assim, hoje em dia já tem produtos com duas fórmulas diferentes, uma para o dia e outra para a noite, para potencializar o efeito.
Alem de todos esses cuidados, fazer exercícios, e ter uma Alimentação equilibrada e a ingestão de líquidos são fundamentais.
Mas até ai tudo bem, a maioria das pessoas se não sabe imagina tudo isso, o problema é na hora de comprar o creme, com tantos no mercado, sempre pinta a duvida, e agora, qual comprar? Vou resumir os ativos que você tem que procurar no creme para te dar que o efeito que você quer ter:
Cafeína:
    Inibe uma enzima responsável pelo estoque de gordura nas células. Está sendo associada para facilitar a penetração até a camada de gordura.
Retinol:
    Renova as células superficiais da pele, deixando-a mais fina, o que facilita a penetração do produto. Também estimula a produção de colágeno. Por isso, funciona bem para quadros de celulite com flacidez.
 Carnitina:
    Acelera o processo de quebra de gordura. Ideal para graus leves de celulite.
Elastinol+R:
    Para dar elasticidade e a firmeza da pele. Bom para aquelas ondulações sutil.
Xantoxilina:
    Estimula o mecanismo de quebra de gordura dentro das células. Indicado para todos os graus de celulite.
            Extratos botânicos:
    Centelha asiática, gingko biloba, ruscus, castanha-da-índia, vitis vinifera (extrato de uva), entre outras substâncias extraídas de plantas, melhoram a circulação local, combatendo a retenção líquida – bom para quem sente a área afetada pela celulite inchada, quente e dolorida. Geralmente, não estão sozinhos, mas combinados a outros ativos que quebram a gordura.
Depois dessa dica é só procurar esses ativos no seu creme. 
 

 

 
Categorias:
Tags:

          Nada mais é que a nossa conhecida carboxterapia, só que dessa vez com gás aquecido para maior conforto de quem se submete ao tratamento, pois é menos dolorido.
          A carbox tem como função, diminuir a flacidez corpo e rosto, estrias, olheiras, gordura localizada e celulite.
          Esse tratamento é feito atraves de aplicação de co2 em gas aquecido na parede subcutanea da pele. o resultado é menos celulas gordurosas e um subcutaneo mias firme.
          Geralmente quando aplicada nas camadas mais superficiais da pele, tipo derme reticular e papilar, a carbox estimula a sintese de elastina e colageno contribuindo para uma melhor firmeza e rejuvenecimento.
          O tratamento básico, para gorduras localizadas, consiste na aplicação em várias sessões, de duração variável, nas zonas a tratar.
Em geral, nota-se a melhoria da qualidade da pele, do contorno corporal e redução de medidas, em média, a partir da 12ª sessão, realizando-se duas/semana. Os resultados começam a surgir a partir da 3ª sessão.
         É conveniente reforços semestrais ou anuais de acordo com o conselho médico.

     
Muitas das minhas pacientes tem duvidas sobre a celulite,  como geralmente as duvidas se repetem vou deixar aqui um esquema de pergunta e resposta que sempre gostei de ler, vamos lá.
1. Quais são os fatores que fazem a celulite aparecer?
A celulite é multifatorial. Entre os principais fatores estão: alterações hormonais, de microcirculação, metabólicas e imunológicas, além da predisposição genética. Outros fatores que também são agravantes: alimentação inadequada, sedentarismo, alcoolismo, pílulas anticoncepcionais, cigarro, obesidade, excesso de sal e estresse.
2. Ela vem sempre junto com a estria?
Não necessariamente a celulite e estrias podem coexistir em uma pessoa. Mas são problemas distintos ou processos independentes. Ambas podem surgir ou ser agravadas pelo aumento de peso e ocorrem mais nas mulheres.
3. Retenção de líquido aumenta celulite?
Verdade, ela pode piorar o aspecto da celulite. E isso é visto durante o período pré-menstrual e também pelo consumo excessivo de sódio, já que ele faz o corpo reter mais líquido.
4. Drenagem linfática diminui a celulite?
Verdade, a drenagem pode aliviar bastante o aspecto ondulado na pele, pois diminui o inchaço. A massagem deve ser um tratamento complementar a mudanças no estilo de vida: alimentação e hábitos saudáveis, prática de exercícios físicos e controle de peso.
5. Técnicas de automassagem podem ajudar no combate à celulite?
Depende, apenas espalhar com força o creme hidratante ou anticelulite após o banho não ajuda. O ideal é fazer os movimentos sempre de baixo para cima e direcionados ao coração, para melhorar a circulação.
6. Massagem modeladora piora a celulite e espalha a gordura?
Não, ela pode melhorar a celulite, pois atua intensamente nas áreas de depósito de gordura e ativa a circulação.
7. Cremes anticelulite realmente funcionam?
Depende, eles podem suavizar o aspecto da celulite, principalmente se associados a outros tratamentos. Mas fazem mais efeito em casos leves.
8. Refrigerante light e água com gás dão celulite?
Não, até hoje, não existe comprovação científica de que refrigerante tenha influência no aparecimento ou agravamento da celulite. O que é verdade é que tudo que engorda, incluindo bebidas calóricas (refrigerantes normais, sucos industrializados), aumenta a celulite, pois contém açúcar e ele se acumula nas áreas de gordura de depósito. Refrigerantes nas versões “zero” ou “light”, bem como água mineral com gás, não geram aumento de peso, até onde se sabe. Já o gás é certeza: não consegue insuflar a gordura!
9. Álcool aumenta a celulite?
Diretamente não, mas o consumo crônico e exagerado pode piorar ou até causar retenção de líquidos e inchaço, que piorariam a celulite. Além disso, o álcool contém grande quantidade de açúcar, que se transforma em gordura no organismo.
10. Pílula anticoncepcional e cigarro agravam a celulite?
Verdade, os hormônios são importantes fatores predisponentes e condicionantes da celulite. Tanto que ela é quase exclusiva da mulher.  Sabe-se que a celulite pode piorar quando há altos níveis de estrogênio, como na puberdade, menstruação e reposição hormonal. O cigarro, por sua vez, aumenta as toxinas e piora a vascularização das células, incluindo as de gordura, podendo agravar o quadro.
11. A celulite provocada pela gestação fica para sempre?
Depende, gravidez não causa celulite, mas pode piorar se o ganho de peso for grande e, principalmente, se a mulher já tiver antes. A ação dos hormônios ajuda a reter mais líquido, a circulação fica mais lenta e a drenagem linfática, mais dificultada. E tudo isso favorece. Depois do parto, o esforço vai ser maior para se livrar da celulite e uma herança dela pode, sim, ficar para sempre.
12. Quanto mais massa muscular, menos celulite?
Não o exercício para ganhar massa muscular como, localizada e musculação, aumentam a massa e previnem a flacidez muscular, mas não tratam a flacidez da pele, um dos grandes problemas na celulite. O tamanho do músculo não tem relação com a maior ou menor visibilidade dos furinhos.
13. Peles flácidas têm mais tendência à celulite?
Verdade, celulite tem tudo a ver com a flacidez, principalmente depois dos 30 anos, quando a pele começa a diminuir o colágeno, tornando-se mais suscetível aos efeitos da gravidade.
14. Correr aumenta a celulite?
Não, exercícios aeróbicos, como corrida, natação e bicicleta, são os mais indicados para tratar a celulite, pois diminuem a gordura e aumentam a oxigenação dos tecidos. Mas os melhores resultados são a prática de exercícios físicos associada a outros tratamentos e uma dieta equilibrada.
15. Chás diuréticos não funcionam para combater a celulite?
Depende, quando a celulite é relacionada à retenção de líquidos, os chás podem ter um efeito benéfico.
16. Há alimentos que ajudam a combater celulite e flacidez?
Em partes,nNão existe um estudo avaliando uma quantidade mínima ou tipo específico de alimento que previna a formação de celulite ou melhore a flacidez. Sabe-se, porém, que uma dieta equilibrada, com proteínas, frutas, legumes, verduras e fibras e menor ingestão de gordura saturada podem evitar o agravamento dos furinhos. E há alguns alimentos-chave que, indiretamente, podem ajudar:
• algas:
• arroz integral:
• castanha-do-pará
• azeite de oliva extravirgem
• aveia:
• missô (pasta de soja fermentada
• folhas verde-escuras
• lima-da-pérsia
• maçã
17. Bermudas anticelulite funcionam?
Não, os efeitos ainda são bastante duvidosos. Talvez a compressão ajude a melhorar a circulação, mas ainda são necessárias evidências científicas dos materiais utilizados e, principalmente, de resultados comprovados.
18. O Subcision® (cirurgia para celulite) funciona em todos os casos?
Em termos, o Subcision® (desenvolvido pela doutora Doris Hexsel*) é uma técnica ambulatorial que visa a romper os septos fibrosos subcutâneos, responsáveis pelos “furinhos” mais profundos. A ruptura deles e de vasos sanguíneos adjacentes também promove a formação de hematomas que estimulam a produção de um novo tecido, funcionando como um “preenchedor natural”. Mas é indicado apenas para as lesões deprimidas, ou seja, profundas. Naquelas com aspecto “casca de laranja”, não apresenta muito resultado.
19. É impossível se livrar 100% da celulite?
Verdade, existem vários tratamentos que melhoram muito o aspecto da pele e os furinhos, mas é difícil falar que não vai mais ter celulite. O melhor para chegar o mais perto possível disso é com a combinação vida saudável e sem cigarro + exercício físico + peso sob controle.
            20. Celulite causa dor?
Alguns pacientes com celulite avançada se queixam de dor, que é sempre leve. O verdadeiro incômodo e na auto-estima. Se houver uma dor muito forte que incomoda, provavelmente a causa é outra e deve ser investigada. 
            21. Tomar café provoca celulite?
Não, a cafeína é até bom para a celulite. Sem querer dizer que tomar café vá tratar a celulite, mas seguramente, com adoçante,  não vai fazer mal.
            22. Em qual fase da vida da mulher a celulite surge?
A partir da menarca (primeira menstruação) começam a aparecer os primeiros sinais, que podem piorar com o passar dos anos.
23. Qual a fundamentação científica para a carboxiterapia? É segura?
A carboxiterapia é reconhecida para tratamentos de doenças desde 1932, na França. Desde 1950 é usada na Itália. Ela consiste na injeção de gás carbônico medicinal nos tecidos e atua pelo efeito Bohr( que não cabe especificar no momento) É indicado para a celulite associada com flacidez de pele com excelentes resultados e sem contra indicação.
24. Quem trabalha muito sentado ou de pé está tendo uma probabilidade maior de ter celulite?
Teoricamente sim, mas não há nenhum trabalho científico que comprove esta possibilidade. 
25. Como explicar, que mulheres  com excesso de peso e, às vezes com abdômen  volumoso, não tenham celulite, na proporção que seria esperada e outras mulheres com cintura finas, troncos e rosto magro tem celulite muito desenvolvida no quadril?
Existem dois tipos básicos de corpo na mulher. O tipo  Andróide, onde ocorre uma tendência à deposição de gordura na parte superior do corpo, no tronco. Essas mulheres têm ombros maiores, tendência  á terem mamas maiores e a depositar gordura no abdome.  O tipo Ginóide tem ombros menores, tendência a terem seios  menores, cintura mais fina e os  quadris  mais largos, com tendência `a deposição de gordura no quadril  e na coxa. .  O quadril e coxa  da mulher do tipo Andróide  quando acumula ela acumula  gordura no corpo tem pouca gordura regional, o excesso de gordura tende a ir para a região do abdome. Se há pouca gordura nesta região haverá menos celulite.  Já a mulher do tipo Ginóide, concentrará a gordura na região do quadril, e embora possa ter uma cintura até muito fina, e tronco e rosto finos, com aspecto magro, vai apresentar sérias alterações do tecido gorduroso com a presença de celulite no quadril e coxas.

bumbum lisinho

           Chega ao Brasil agora neste mês um produto que promete acabar com os famosos furinhos da celulite.

           O novo produto que promete ser a sensação entre nós mulheres, possui uma camada de açúcar chamada Sephadex que dá ao ácido hilurônico maior viscosidade, possibilitando a correção de perda de volume facial ou corporal.
           Bem ainda não sei como  funciona, mas com certeza na hora que estiver disponível vou comprar pra testar, e posto aqui no blog o que eu achei.

Celulite

      A palavra celulite significa infecção primaria da pele que causa uma placa discretamente endurecida, eritematosa e quente, mais usamos esse mesmo nome errôniamente para definir PEFE.

      A PEFE é uma microangiopatia do tecido conjuntivo subcutâneo , de caráter evolutivo e agravamento, que invade o tecido gorduroso.
      A primeira fase é uma fase edematosa , que continua com uma fase fibrosa , seguida de uma fase fibro esclerótica e finalizada com uma fase esclerótica. , quando se instala micro e macronódulos.
      Bem então  todas nós sempre queremos um tratamento milagroso para dar fim a esses furinhos que tanto nos incomoda, o primeiro que devemos saber que só creme anti-celulite não adianta muito, elas são bons para o começo e a manutenção do resultado, já que a “celulite” não tem cura, mais ela desaparece com alguns tratamentos combinados, e creme de manutenção.
      Então vamos algumas dicas de creme que pode ser usado em casa para melhorar o aspectos de sua pele. 
 1. Lipo-Metric VICHY 
 2.My Silhouette! Gel Creme Redutor e Remodelador, Redutor de Medidas NIVEA

 3. Loreal Perfect Slim Pro





 5. Creme Bye – Bye Celulite NIVEA Body
                                       Para mim essa é a ordem de resultado:
       O campeão é o da VICHY é caro, mais compensa, se você tiver disposição de massagear bem, melhora muito o resultado.
       O pior é o creme Bye-Bye da NIVEA, mas não pelo resultado que também é bom e sim por sua textura que é grudenta, no verão nem pensar, você fica pegajosa.
       O da RoC é em espuma, mas acho que desperdiça muito produto.
      O da LOREAL, é interessante por que o frasco já vem com um massageador, ficando assim mais fácil a aplicação e quando acabar o creme você compra só o refil, que é muito mais barato que o primeiro.
      O My Silhouette é perfeito, o resultado você vê em 3 semanas, na redução de medida e por isso a celulite melhora, e o preço é bem convidativo, para quem não puder comprar o da VICHY que eu recomendo.
      Agora não tem mais desculpa de não usar creme para celulite, vimos aqui que eles adiantam um pouco, claro que sozinho não faz milagre mas melhora bem a pele, o que esta esperando escolha um e começe amanhã a cuidar do seu corpo que ainda dá tempo para o verão.